CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA

1 - TABELA DE PREÇOS

As nossas tabelas, como armazenista que somos, baseiam-se em preços "GROSSOS" (sem IVA incluído), e estão sujeitas a alterações sem qualquer aviso prévio. Os eventuais descontos a conceder sobre as nossas tabelas baseiam-se sempre em função de quantidades por encomenda.

2 - ABERTURA DE CONTA

A abertura de conta a crédito está condicionada à aprovação da Direção Financeira, sendo solicitada em impressos próprios devidamente preenchidos (Ficha de Abertura de Conta de Crédito). Todas as nossas operações comerciais estão cobertas por seguro de crédito.

3 - CONDIÇÕES DE PAGAMENTO

Para clientes com Conta a Crédito aprovada pela Direção Financeira, as condições de pagamento fazem parte integrante da Ficha de Abertura de Conta a Crédito assinada pelo cliente com a menção clara da forma de pagamento escolhida. O vencimento das faturas subordina-se ao art.º 4º do Decreto-Lei 32/2003 de 17 de Fevereiro.

O não cumprimento dos prazos acordados implica a suspensão dos fornecimentos a crédito, até à integral regularização do débito existente, bem como a aceitação por parte do cliente da sua constituição em mora, com o consequente débito de juros moratórios à taxa comercial, conforme estipula o Decreto-Lei 32/2003 de 17 de Fevereiro.

4 - DEVOLUÇÕES E RECLAMAÇÕES

As reclamações só poderão ser consideradas até 8 dias após o fornecimento. Eventuais devoluções só poderão ser aceites mediante comunicação por escrito, pelo nosso Departamento de Qualidade.

5 - DIVERSOS

Para compras de valor inferior a 125,00€ (líquidos de descontos e de impostos) sujeitas a despacho através de um dos nossos parceiros logísticos, incorrerão em custos de entrega, conforme Condições Gerais de Entrega de Mercadorias

Embora façamos todo o possível por manter os prazos indicados nas propostas de fornecimento, por vezes acontecem imprevistos alheios ao nosso controlo, pelo que recusamos quaisquer penalidades por demora de entrega.

6 - FORO

Em caso de qualquer litígio, o Tribunal de Aveiro considera-se o único competente.

7 - CONSUMIDORES

Para efeitos da Lei nº 144/2015, em caso de litígio, o consumidor pode recorrer a uma Entidade de Resolução Alternativa de Litígios de consumo, constantes no AVISO-LEI 144/2015.

8 - FINAL

A aquisição de produtos à nossa empresa, é prova suficiente de que as «Condições Gerais de Venda» mencionadas, foram bem entendidas e aceites, sujeitando-se a todo o clausulado do Decreto-Lei 32/2003 de 17 de Fevereiro.

Ficha de abertura de conta de crédito
Condições gerais de entrega de mercadorias

Não perca as notícias da Lusavouga!
Subscreva a nossa newsletter...


Subscrever
navigation